Blumenau: o que fazer e onde tomar aquela cerveja na cidade que ficou famosa pela Oktoberfest

Ela ficou famosa no Brasil por ser a capital brasileira da cerveja e realizar a maior Oktoberfest do mundo fora da Alemanha. Estamos falando de Blumenau, em Santa Catarina. Neste post vou contar tudo sobre o que fazer e onde tomar aquela cerveja na cidade que ficou famosa pela bebida.

blumenau

A cidade atrai muitos visitantes em busca do chamado turismo cervejeiro. Sim, esse negócio de beber lá é muuuuito levado a sério e hoje movimenta milhões em sua economia. Portanto, o que não falta lá é local pra beber cervejas e chopes especiais. Mas já lembro que beba o que quiser mas não dirija em seguida. Para isso, existem os táxis, uber, ônibus, ou siga a pé, mas beber e dirigir jamais!

blumenau

Como ir

Dá pra conhecer Blumenau num passeio bate e volta sem problemas, mas se você é daqueles que quer passar uma tarde toda só bebendo por lá, aí é melhor mesmo programar um final de semana pra beber e conhecer os pontos turísticos. Do centro de Florianópolis até Blumenau são cerca de 2h de viagem. Segui neste passeio a bordo da ItaguaSul Turismo, que super recomendo pela sua pontualidade, segurança, equipe de motoristas simpáticos e atenciosos. Vai precisar reservar hotel em Santa Catarina? É só clicar AQUI!

blumenau

No caminho, uma pausa para tomar um café ou fazer um lanche e logo que chegamos em Blumenau já paramos numa loja bem bacana com estilo colonial alemão e os preços atraentes. Saí de lá carregado de compras, e olha que não sou consumista, mas era uma boa oportunidade de renovar o guarda-roupa.

blumenau

Museu da Cerveja

De lá, começamos a visitar os pontos turísticos. O primeiro deles, o Museu da Cerveja.  A entrada aqui é gratuita e o museu é pequeno mas bem organizado e vale a pena conhecer. Tem os selos das cervejas, a chopeira utilizada na primeira edição da Oktoberfest, você pode inclusive assistir a um vídeo sobre a produção da bebida e observar os equipamentos utilizados até que ela chegue ao seu copo.

blumenau

Depois seguimos até a sede da Prefeitura de Blumenau, que é o maior prédio no estilo colonial alemão da cidade. Lindo de ver! Na frente dele, a macuca, primeira locomotiva de lá. Legal pra fazer fotos.

blumenau

Vila Germânica

O passeio é bem “frenético” e em alguns minutinhos já partimos para a principal atração que é a Vila Germânica, onde se concentram os bares e restaurantes, além de lojas de souvenirs e produtos típicos da região. É lá onde os cervejeiros ficam loucos com tantas opções de bebidas. Só no Beer Vila, onde visitei, eram 320 rótulos de cerveja, dá pra tu? Ou quer mais? Se quiser tem muito mais…lá a produção de cerveja não para, não para!

É na Vila também onde o grupo normalmente almoça, tendo a oportunidade de comer pratos da região a exemplo da linguiça alemã e também o joelho de porco. Nas lojas, chaveiros, canecas, camisetas, muita coisa que remete à Oktoberfest, claro! A vila parece uma cidadezinha do interior da Alemanha, cheia de charme!

blumenau

Catedral

Também fomos à catedral de Blumenau, que chama atenção pelo imponente pórtico de entrada, além do estilo mais moderno. Chamada de São Paulo Apóstolo, ela fica bem no centro, onde podemos também bater perna por cerca de meia hora, observando os prédios com arquitetura alemã, no estilo enxaimel. Em algumas esquinas, grupos artísticos dão aquela animada chamando atenção dos turistas. A rua XV de Novembro é a mais movimentada de Blumenau, não só pelo grande número de comércios, mas também por ser palco do desfile da Oktoberfest.

blumenau

Na sequência, visitamos a fábrica da Cervejaria Blumenau, para conhecer de perto a fabricação da bebida que atrai tanta gente pra lá. Logo na entrada, uma espécie de boteco, em que os visitantes já podem consumir como se estivessem mesmo num bar com direito a garçom, mesas e cadeiras, nem parece que estamos numa fábrica. De lá, por uma parede de vidro observamos os “recipientes” enooormes onde fica armazenada a bebida. Por um valor de R$ 20,00 por pessoa você pode entrar e conhecer mais a fundo a produção da cerveja. Que tal conhecer a Guarda do Embaú, em Floripa? Clica AQUI e a gente tem uma reportagem especial sobre este paraíso!

blumenau

Em cada “tubo” cabem cerca de 20 mil garrafas de 500 ml de cerveja, o que dá um total de 150 mil litros. O cheiro da bebida você já sente logo ao entrar. Para mim, que não bebo, chegou a ser um pouco incômodo, mas pra quem curte a bebida já vai se “enfeitiçando”. Ao final da visita, o participante tem direito à degustação. Quem provou, super aprovou!

blumenau

Brusque: pólo de roupas

Pra finalizar o passeio, conhecemos Brusque, no final do dia, já quase noite. Fomos na FIP que conta com 262 lojas distribuídas em 5 pavilhões, onde passamos 1h30 para fazer mais compras. Já adianto que vale a pena levar uma grana ou torrar um pouco do cartão de crédito, pois é bem barato tudo por lá. Camiseta pra balada por até 40,00; cueca por 10,00; bermuda por 40,00. E tudo produto bom hein. Claro que procurando com paciência!

Serviço:

Itaguasul Turismo 

Rua Felipe Schmidt, 515 – Sala 1011
Centro Florianópolis/SC

Fones: (48) 3225-3939; plantão (48) 3225-3963; whatsapp (48) 98406-4524 e e-mail: contato@itaguasul.com.br

Para esta viagem, o repórter do ROTA1976.COM contou com uma super parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Santa Catarina, a ABIH-SC.

Gostou? Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI! Faça suas reservas pelo nosso site, acessando os links no Tudo Para Sua Viagem você não paga mais nada por isso e colabora para que a gente receba uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o site com dicas sempre muito sinceras!

 

 

Compartilhe