Lisboa: como não se sentir em casa?

É “estranho” se comunicar em português mesmo desembarcando na Europa. Quando se chega à Lisboa, apesar de pisar no velho mundo, os turistas brasileiros literalmente se sentem em casa e não é só pela língua. Nesse post trago muitas dicas para quem quer explorar o turismo nesta cidade que é pura poesia! Sempre quis conhecer a terra do poeta Fernando Pessoa, meu preferido na literatura, e Lisboa me encantou tanto que pretendo todas as vezes que voltar ao continente europeu tê-la como porta de entrada. Lisboa: como não se sentir em casa?

lisboa

Como não se apaixonar até pelos azulejos de Lisboa? A arquitetura local é um atrativo a mais, daí soma-se a gastronomia que é rica e uma delícia, a música triste e linda do fado, os monumentos e a própria história do país, nossa terra-mãe, digamos assim. A cidade é romântica, respira poesia e mostra sua beleza em cada beca, ruela. Até as roupas penduradas nos varais nas pequenas varandas são um charme neste lugar.

Alfama

Comece os passeios pelas praças e monumentos que estão na área central da cidade, dá pra fazer tudo a pé. Em cada rua ou viela você vai encontrar bares, restaurantes, lojinhas, tudo bem charmoso e convidativo. O bairro Alfama é um dos mais famosos, vale a pena visitar a Igreja de Santo Antônio de Lisboa, tem ainda a Casa dos Bicos, que depois de se tornar Fundação José Saramago passou a receber visitar em seu interior.

lisboa 1

Em frente à casa, foi plantada uma árvore, no mesmo local onde foram colocadas as cinzas do escritor faleceu e foi cremado em 2010. Visite ainda a Praça do Comércio e os diversos mirantes que a cidade esconde.

Lisboa tem mirante em todo lugar e cada um com uma possibilidade de visualização incrível da cidade, recomendo inclusive ir em alguns durante o dia e outro à noite. Lisboa acesa fica ainda mais linda! Se quer fazer umas comprinhas, vá no Lisboa Story Center, onde você encontra de tudo! Não resisti e enchi uma mala com objetos de decoração de casa.

Rua do Ouro

Outro ponto turístico que não pode faltar na listinha é o elevador Santa Justa, que fica no final da Rua do Ouro. Pode subir e contemplar a cidade do alto, e ainda sair pelo pontilhão que leva às ruínas da Igreja do Carmo.

lisboa 2

Dica

Perto dali, está o tradicional bairro Chiado, onde em frente ao restaurante (ou café) À Brasileira está a estátua do poeta Fernando Pessoa. Parada obrigatória para os brasileiros. Não embarque sem seu Seguro Viagem! É só clicar AQUI!

lisboa 3

Todo mundo que faz turismo em Lisboa dá uma passadinha pra fazer essa foto!  À noite, são muitas as opções de bares e restaurantes que contam com apresentação musical. No Bairro Alto é certo achar vários que tocam o famoso fado, um programa imperdível para os casais mais românticos e admiradores da boa música.

Torre de Belém e arredores

Próximo à Praça Figueira é possível pegar o famoso bondinho como transporte público. Ele roda cheio de turista pela cidade. Minha dica é que você desça no Largo Portas do Sol, onde terá acesso para o Catelo de São Jorge, aberto todos os dias. Construídas no século 11, as muralhas nos levam a uma viagem no tempo. São paredões enormes, pátios e uma vista única de Lisboa.

lisboa 4

Torre de Belém

Não deixe de visitar a Torre de Belém, um dos mais expressivos monumentos para quem quer conhecer o turismo em Lisboa, fica localizada às margens do Rio Tejo. Ele é relativamente pequeno, mas visualmente lindo e fica num ponto estratégico onde você custa a querer sair de dentro.

lisboa 5

Na mesma área, caminhando mesmo, você chega ao Monumento dos Descobridores, onde à sua frente tem um gigantesco mosaico, que pode ser fotografado lá de cima, basta subir no elevador que fica dentro do monumento e leva até o topo.

lisboa 6

Melhor pastel de Belém

Em outro ponto da cidade, está o Palácio Nacional de Queluz, onde nasceu e morreu D.Pedro I, portanto, o passeio já rende uma boa aula principalmente para a criançada. Fica na cidade de Queluz, mas ainda distrito de Lisboa. Não é tão longe e o transporte público leva até a porta do palácio, basta se informar onde pegar o ônibus.

lisboa 7

Aproveitando o que a área da torre de Belém oferece já aconselho conhecer o Mosteiro dos Jerônimos, uma edificação lindíssima que vale a visita. Bem ao lado, está a casa mais tradicional de pastel de belém de Lisboa. Faça como eu: deixe espaço na barriga e coma vários deles!

lisboa 8

 Amo essa iguaria, comi quatro, mas me arrependo até hoje de não ter colocado mais uns dois no prato. É o melhor pastel de belém (eles não gostam que chame pastel de nata) do mundo!

Oceanário

Engana-se quem pensa que Lisboa é toda antiga, a cidade tem grandes shoppings, uma área moderna que não deixa nada a desejar a nenhuma grande capital, inclusive com um oceanário imperdível!

lisboa 9

Um dos melhores que já fui. Nele você pode observar diversos animais e algumas áreas são abertas, como a dos pinguins. Esse passeio fica mais distante do centro da cidade, portanto, reserve pelo menos uma tarde para conhecê-lo.

Como deve ter dado pra ver, o turismo em Lisboa encanta por tudo: história, música, comida e tudo mais. Recomendo reservar pelo menos uns 3 dias para explorar tudo o que a cidade tem de melhor a oferecer. E se vai para Europa e tem dúvida de por qual país entrar, tenho certeza de que não se arrependerá de colocar os pezinhos por essa incrível cidade! Posso quase garantir que você estará entrando na Europa com o pé direito.

Gostou? Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI! Viu como a gente te ajudou a planejar a viagem pra Lisboa? Então chegou a hora de você ajudar a gente também! Faça suas reservas pelo nosso site, acessando os links no Tudo Para Sua Viagem você não paga mais nada por isso e colabora para que a gente receba uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o site com dicas sempre muito sinceras!

 

Compartilhe