Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, ganha versão virtual!

O Museu Oscar Niemeyer adere à tendência nesse mundo pós pandemia e se lança em formato virtual. É uma forma de manter o público ligado de alguma forma aos seus projetos, exposições, etc. Um dos mais tradicionais programas do MON ganhou uma versão on line, o “Artistas do Acervo“. Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

museu do olho curitiba

Interação

O programa traz o tema “Conforto em confronto”, onde há um diálogo entre a artista visual Tatiana Stropp e o professor e curador Paulo Reis. A conversa aborda o processo criativo da artista, sua produção em tempos de pandemia e observações sobre uma das obras de Tatiana que integram o acervo do Museu. Está disponível ainda uma oficina orientada pela artista embasada na construção das suas pinturas. Se você tem viagem inadiável e precisa reservar hotel, é só clicar AQUI!

museu do olho curitiba

Redes Sociais

Segundo Juliana Vosnika, diretora-presidente do MON, “A essência do programa Artistas do Acervo é oferecer um espaço de diálogo entre o público e os artistas, o que aumenta sua importância neste período de quarentena, quando tem o papel de instigar e motivar os visitantes virtuais que acessam o Museu a partir de suas casas”. O projeto em sua primeira versão virtual está disponível pelo canal do YouTube do MON. As lives serão mensais e fazem parte das alternativas que o Museu tem encontrado para chegar até o público.

Já o programa Arte para Maiores ganhou uma versão virtual para esse período de distanciamento social. As atividades são promovidas pelo setor Educativo do Museu e destinadas especialmente a pessoas com mais de 60 anos. Uma forma de manter esse público com inspiração e leveza, ainda mais nesse tempo de distanciamento social.

Oficinas

Todos os participantes cadastrados recebem por whatsApp, sempre nas terças-feiras, oficinas e dinâmicas para que as atividades possam ser realizadas a partir de suas próprias casas. A proposta é a mesma das reuniões presenciais: aproximar esse público das artes visuais, mas a frequência dos encontros aumentou, passando de duas vezes ao mês para semanal. Desde o início de abril, os participantes têm recebido sugestões de oficinas variadas, sempre acompanhadas por links que trazem sons, vídeos e PDFs explicativos. A maioria das atividades está relacionada às exposições do MON.

Além das pessoas já participantes do Arte para Maiores do MON, as inscrições estão abertas para novos integrantes. Quem tiver interesse, basta entrar em contato pelo e-mail educativo@mon.org.br. Outra atividade oferecida pelo MON no período de quarentena global são as oficinas artísticas, divulgadas sempre às quartas-feiras e aos domingos em posts no Facebook e Instagram do MON.

museu do olho curitiba

Acervo

Nesses canais também é possível visitar virtualmente exposições e ateliês, aprender mais sobre as quase 7 mil obras do acervo do Museu e assistir a entrevistas de Artistas do Acervo. O MON conta ainda com nove exposições que podem ser vistas na plataforma Google Arts & Culture sem sair de casa. Mais informações no site www.museuoscarniemeyer.org.br

MON

Um dos principais símbolos da cidade. O Museu é um dos maiores da América Latina, tem acervo nacional e internacional de mais de 2,2 mil obras. O prédio principal foi projetado em 1967 pelo arquiteto mais que renomado Oscar Niemeyer. O conjunto se completou em 2002. quando foi construído o anexo cuja forma deu origem ao apelido de Museu do Olho. A inspiração na verdade veio da araucária, que é o Pinheiro do Paraná. Temos uma reportagem super completa sobre Curitiba, clique AQUI e não deixe de conhecer essa cidade linda quando tudo isso passar e pudermos viajar em segurança!

Compartilhe