Listamos 5 restaurantes imperdíveis em Campos do Jordão (SP)!

A gente foi até Campos do Jordão, a cerca de 170 Km da capital paulista, pra conhecer alguns restaurantes bacanas pra indicar a quem for visitar esta cidade linda que faz parte da Serra da Mantiqueira. Com arquitetura de estilo suíço, florestas de pinheiros e montanhas, o lugar atrai cada ano mais e mais turistas que buscam charme, natureza e tranquilidade sem esquecer da Gastronomia, é claro. E neste quesito o destino também é imperdível! Se liga que muitos estão com pratos especiais oferecidos na 3ª. Temporada Sabores e Cervejas da Mantiqueira, que vai até final de outubro. Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

01 – Bonanza Parrilla

Nossa primeira dica de restaurante tem localização peculiar: está numa grande unidade de conservação brasileira de proteção integral da Natureza, o Parque Estadual de Campos do Jordão, conhecido regionalmente como Horto Florestal. São nada menos que 8 mil hectares de Mata Atlântica de Altitude e Floresta Exótica de Pinus. Neste cenário que parece de filme está o Bonanza Parrilla.

Couvert

De entrada a casa serve um delicioso couvert (p/02 pessoas) com foccacia, manteiga, queijo boursin, provoleta e linguiça caseira (r$ 58). A combinação é mais que perfeita! Este é daqueles lugares que a gente tem que comer devagar, degustando cada sabor e apreciando a vista em volta. As mesas ficam num salão bem aberto e também ao ar livre com jardim, área infantil. A sensação que temos é de que estamos fazendo uma refeição na casa de amigos. Ambiente super família e acolhedor e um atendimento de primeira!

Grelhados

Os grelhados servidos pela casa (p/ 01 pessoa) são muito bem servidos e vem com 02 acompanhamentos (a escolher). Entre as opções de grelhados: prime rib (400 – 500g) R$ 192; carré de cordeiro (320 – 350g) R$ 221; picanha (350 – 400g) R$ 163; tem ainda fraldinha, bombom de alcatra, filé mignon, costela suína, torresmo de rolo e muito mais. Para esta temporada, o prato criado foi o T-Bone grelhado ao molho chimichurri e vinagrete, harmonizado com cerveja Gard Pilsen R$ 112 (prato com cerveja inclusa).

Acompanhamentos

Entre os acompanhamentos (R$ 32), a casa oferece mandioca frita, polenta frita, purê de batatas ou de mandioquinha, arroz biro-biro, batata rústica com páprica doce, legumes grelhados (abobrinha, berinjela, cenoura, tomate e cebola), entre outros. As carnes são super macias, daquelas que derretem na boca, difícil é escolher. Tem ainda massas (sorrentino de burrata ao molho basílico e penne à bolonhesa).

Sobremesa

O restaurante serve também porções pra quem quer comer no melhor estilo petisco. Tem picanha aperitivo (250g) R$ 108; batata suíça gratinada R$ 78; e várias opções de linguiça artesanal (entre R$ 92 e R$ 96). Para beber, sucos de frutas ou integrais, além de coquetéis alcóolicos e não alcoólicos, caipiroscas, diversos tipos de cerveja, etc. E de sobremesa: cheesecake (caldo de amora) R$ 32; tartufo (creme ao marsala e sorvete de chocolate) R$ 28; sorvete de creme (03 bolas) ou café expresso.

Chef

Fato é que o menu da casa é uma jóia da culinária, que combina texturas e sabor autêntico. Não é sobre simplesmente comer, é sobre ter uma experiência gastronômica. Tudo isso a mais de 1.600 metros de altitude, onde está localizado o estabelecimento. O chef executivo da casa é Jeferson da Mata, que faz questão de circular entre as mesas e apresentar os pratos, saber o que os clientes acharam da comida. Ele trabalha exclusivamente co insumos cultivados por produtores rurais da região. Tudo saboroso e ainda sustentável, o que é melhor! Para mais informações: Bonanza Parrilla

Gard

Também no Horto Florestal funciona a Microcervejaria Gard, um lugar super charmoso em meio à montanha e suas araucárias enormes. O espaço é bem intimista, pequeno e acolhedor. Muita gente pensa que a Gard está dentro do Horto, mas é o contrário: o Horto que está dentro da Gard. Quem explica pra gente é a gerente da Gard, Maysa Simões: “Nos primórdios, lá por 1900, o bisavô dos donos atuais comprou essa fazenda onde trabalhava com serralheria que até hoje tem a roda da água dentro do horto que era do maquinário dele.

História

Quando ele morreu em 1940, os filhos doaram uma parte da terra ao estado para que fosse feita a reserva. Isso passou por gerações e em 2015 os bisnetos dele que são apreciadores de cerveja resolveram fazer uma cerveja boa pra tomar aqui como eles tomavam fora do país”. Hoje, o espaço onde antes era apenas um galinheiro é cheio de charme e requinte. “São 60 estilos de cerveja. Fazemos 4 mil litros mês. Por ser uma nano cervejaria o local principal de venda é lá mesmo”. No local, é possível saborear petiscos e burgers para acompanhar as cervejas. Para a temporada, a sugestão é o Gordon Burger (burger de fraldinha, queijo gorgonzola do sul de Minas e rúcula no pão brioche seladinho na manteiga). Para harmonizar, cerveja Gard Wolf Saison (R$ 65).

Serve régua degustação R$ 28, em que você pode provar estilos diferentes, selecionados para proporcionar uma deliciosa experiência. Tem ainda porções de linguiça da mantiqueira R$ 72, queijo malacaxeta (suave e amanteigado, acompanha geleia de frutas vermelhas da casa), e sanduíches variados. Para mais informações: Gard Cervejaria

02 – Alto da Brasa

Outro local bacana pra conhecer e almoçar é o restaurante Alto da Brasa, que fica dentro do Parque da Cerveja. Especializado em gastronomia cervejeira, o local tem no comando a chef Michelle Peretti. A casa tem um menu bem variado de carnes nobres e também opções para os não tão carnívoros. E para acompanhar, serve aquela régua de degustação da cervejaria Campos do Jordão, ótima pra quem quer conhecer vários sabores da bebida com pequenas doses.

Especialidade

A especialidade da casa são os grelhados, que na temperatura ideal, dão consistência selada e saborosa por fora além da maciez e suculência por dentro. Companhia perfeita para? Acertou quem pensou num copo de cerveja! Diversas opções do menu levam cerveja como um dos ingredientes. Os pratos são inspirados na culinária da Serra da Mantiqueira. De petiscos: couvert (pão de alho caseiro) R$ 34,40; stick de muçarela (6 unidades) R$ 65; pão rústico camembert e pastel de vento (com creme de queijo, ragu de costela e cogumelos para recheá-los) R$ 65.

No quesito petiscos, tem batata rústica, crock pork, coxinha de costela ou de jaca, cocrete de fraldinha com gorgonzola, caldinho de feijão, etc. Serve linguiças artesanais (recheada com provolone, cuiabana, mista ou apimentada), entre R$ 74 e R$ 87,50. Dos bovinos, ojo de bife R$ 146; bife de chorizo R$ 137; e o prato da temporada, que é o cupim na brasa (servido com arroz biro-biro, mandioca cremosa, farofa e vinagrete) R$ 249 (serve 02 pessoas).

Foto Divulgação: cedida pela Assessoria de Imprensa

Dos suínos, cotoletta à milanesa, costelinha, carré de leitão, etc. Ente os acompanhamentos, arroz biro-biro, risoto de cogumelo, queijo coalho, batata rústica, penne ao alho e óleo, saladinha, etc. De sobremesa, cocada cremosa ao forno, abacaxi grelhado, entre outros. No quesito bebida, sucos, drinques, e claro cervejas. Para mais informações: Alto da Brasa 

Tour

O local tem em volta uma área verde enorme, ambiente super bacana e confortável para uma refeição em família, grupos de amigos ou mesmo casais. Vale a pena, antes da refeição fazer aquela visita à fábrica e conhecer todo o processo de produção de uma cerveja artesanal. O tour dura cerca de 40 minutos e você observa os equipamentos de armazenamento e produção, tendo no final degustação de alguns tipos de cerveja (régua de degustação) finalizando uma lojinha onde pode adquirir a bebida e outros equipamentos para uso de quem é amante da cerveja.

03 – Bar Esquina do Djalma

Quando a gente pensa em algum local pra comer ali pela vila de Campos que tenha uma vibe bem descontraída e pratos bem servidos, não dá pra deixar de fora o Bar Esquina do Djalma. A casa vive cheia e não é por acaso. Pratos bem servidos (é muita comida!), atendimento cheio de simpatia e ainda tem música de qualidade ao vivo, dominando o rock (cobra couvert artístico).

Agito

O restaurante fica numa localização privilegiada, de esquina. De lá, a gente vê todo o movimento da rua que tá sempre cheia de turistas. Tem mesas na área interna e externa, e ainda conta com um terraço no primeiro andar. O pessoa busca ficar mais na parte de baixo, perto do som. E olha que bacana: o bar é pet friendly, seu doguinho é super bem vindo!

Cardápio

Para abrir o apetite, azeitonas, ovos de codorna R$ 24,50, amendoim, tábua de queijos, e isca de picanha com catupiry (grelhadas na chapa, acompanha batata rústica, pães, molho e farofa) R$ 164 são algumas das opções. Tem ainda chapa alemã (joelho traseiro cozido e defumado, 1 salsicha alemã de vitelo, 1 salsicha alemã suína, acompanha churute, batatas assadas, pães e molho de mostarda R$ 188.

Variedade

Tem ainda porções de croquete de picanha recheado com provolone, linguiça recheada com provolone, filé mignon à parmegiana em aperitivo, frango, brusqueta, dadinho de tapioca R$ 57,50; pasteis (camarão, queijo, carne), entre outros. O cardápio da casa é enorme, a gente nem sabe por onde começar. Serve também trutas, lanches (sanduíche, x-burger, x-linguiça, etc), saladas, sopas e cremes, risotos, massas e tem cardápio kids (escolapinho de filé mignon R$ 56; filé de peixe R$ 53, espaguete, filé de frango ou x-burger). Para esta temporada o chef Micael Damasio preparou um medalhão de filé mignon com molho demi glacê com champignon e alecrim, acompanhado de risoto de gorgonzola R$ 137. Para harmonizar, cerveja IPL Djalminha Caras de Malte R$ 35.

Foto Divulgação: cedida pela Assessoria de Imprensa

Sobremesa

De sobremesa, petit gateau, taça de sorvete de creme com ganache de chocolate, rabanada de brioche com amêndoas, doce de leite e sorvete de camaru, etc. Pra beber, claro que tem uma infinidade de opções, entre cervejas, vinhos, soft drinks, licores, chopp, etc. O atendimento da casa é ágil e cheio de simpatia, vale a pena conhecer e saborear o menu. Para mais informações: Esquina do Djalma.

04 – La Gália

Esta opção é bem intimista e ideal para quem quer algo cheio de requinte e romantismo. O Restaurante La Gália está localizado no coração da vila Capivari, o centro turístico de Campos do Jordão. Oferece uma culinária que ficou bastante famosa na região por causa das deliciosas carnes de caça e grelhados. Tem receitas e cortes de carnes exclusivos. E claro, que você também irá encontrar as clássicas fondues e trutas que nos acompanham desde a década de 90. Experimentamos e é realmente uma delícia!

Sabores

Os pratos são cuidadosamente elaborados, com aromas e sabores que se espalham pelos ambientes, criando uma prazerosa dúvida no momento de escolher apenas uma entre tantas opções do nosso delicioso cardápio. Para a temporada, o prato escolhido foi paleta de cordeiro assada ao molho de cerveja escura com risoto de limão siciliano R$ 118. A harmonização fica por conta da cerveja poção mágica doublé IPA La Gália. Não faça viagem internacional sem seu Seguro Viagem, clique AQUI e já garanta o seu!

Foto Divulgação: cedida pela Assessoria de Imprensa

Ambiente

O ambiente por si só já é uma delícia. Super aconchegante, muito bem decorado e com som ao vivo num repertório de muito bom gosto. Ideal pra famílias, casais ou grupos de amigos. O local já é tradição em Campos do Jordão, afinal são mais de 27 anos preservando as delícias culinárias do bravo e alegre povo gaulês. Para mais informações: La Galia.

05 – Mercearia

O bar e restaurante Mercearia Campos fica na rua principal do boulevart de Capivari, onde tudo acontece. O espaço é bem amplo, com mesas em salão interno e também do lado de fora (com coberta). De qualquer lugar se tem a vista da movimentação intensa da rua. O atendimento é rápido e muito atencioso, a gentileza por lá é da hora que a gente chega ao momento de liberar a mesa. Precisa de hotel pra sua viagem? É só clicar AQUI!

Foto Divulgação: cedida pela Assessoria de Imprensa

 

Menu

Para a temporada, a casa sugere galeto assado com acompanhamento clássico de batatinha dourada, farofa de bacon e molho vinagrete. Harmoniza com a cerveja Colorado Ribeirão Lager (leve e reefrescante). Serve 02 pessoas (R$ 160 já com a cerveja).

Entradinhas

De entrada, a casa serve couvert (4 tipos de pães selecionados pela casa, acompanhado de 3 molhos secretos do chef) R$ 25. Do menu de petiscos, tem batata rústica com fondue e bacon; bolinho de arroz, torresmo, croquete de aipim e costela, dadinho de tapioca, bolinho de bacalhau (vem 06 unidades), que é muito gostoso, provamos e é super macio R$ 69.

Variedade

A casa serve saladas, queijos, fondue (que super combina com o destino), além de carnes e aves (picanha, chorizo, t-bone, costelinha, etc), peixes (trutas, salmão, bacalhau), massas e risotos variados. Tem cardápio infantil (penne com filé ou filé infantil). E ainda sanduíches variados. De sobremesa, petit gateau (o melhor que já comi na vida) R$ 42, strudel de maçã, sorvete frito, etc. Para beber, serve chopp, cervejas variadas, vinho em taça, drinks, caipirinhas, etc. Para mais informações: Mercearia Campos.

Todos os preços são com referência ao mês de outubro de 2023 ok? Curtiu nosso post? Então salva ele aí, envia pra aquele amigo que também curte viajar. E se liga que a gente também tá no Insta @rota1976, TikTok @Rota.1976 e Youtube @rota1976.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre Mim

Parceiros