Saiba como chegar na Pedra do Telégrafo, no Rio de Janeiro

Saiba aqui como chegar à Pedra do Telégrafo, no Rio de Janeiro. Se você gosta de viajar, curte trilha, aventura, paisagens e fotos criativas, não pode deixar de ir até lá. Ela é a “queridinha” do momento. O motivo é um só: fotos incríveis de poses variadas que fazem todo mundo pensar que nossa vida “estava por um fio”. Vamos lá?

pedra do telégrafo

Para chegar até a Pedra do Telégrafo é preciso um “pouco” de disposição. O local está afastado dos principais atrativos do Rio de Janeiro. Fica em Barra de Guaratiba, dá pra ir de carro ou ônibus. Para chegar na tão famosa pedra você precisará passar pelas praias da Barra da Tijuca, Abricó (famosa pelo naturismo em uma determinada área), Prainha e Grumari. Vai precisar alugar carro? Então clica AQUI!

A Trilha

O carro chega até o local da foto acima, num terminal de ônibus. Chegando ali, é só perguntar por que rua se tem acesso à trilha da Pedra do Telégrafo. Subimos algumas ruas (sem muito movimento, por isso sempre bom estar atento e sem dar bobeira com o celular) e aí chegamos a uma caminhada por terra. Na subida, falaram que algumas pedras no chão havia indicação com setas. Confesso que não vi nenhuma. A melhor opção é mesmo ir confirmando ao longo do caminho se está na direção certa. Quem quiser “economizar” no esforço físico pode pagar mototáxi pra subir até onde for possível. Mas, quem é bom viajante vai na trilha não é mesmo?

Uns 30 minutos de subida em chão de terra e chega-se à Pedra do Telégrafo. Muito possivelmente você encontrará um grupo já formando fila para fazer as fotos. É bom ir apressando os casais e amigos que param na pedra para fazer foto porque eles não querem uma nem duas ou três. Querem fazer dezenas de fotos e o tempo vai passando e a visibilidade (se for mais pro final da tarde) vai ficando reduzida. Então, não custa ter um pouco de bom censo.

pedra do telegrafo

A pedra de fato é espaçosa e dá pra fazer diversas fotos incríveis. Claro que não é aquele penhasco que ficamos correndo risco de cair. Tudo é efeito visual, mas é preciso ter cuidado sim! Você pode cair e sair “bolando” pedra abaixo e se machucar ok?

Lá de cima, a vista é literalmente incansável. Mata, montanha, mar…enfim, Rio de Janeiro! Vale a pena ficar ali ouvindo música com seu fone de ouvido e curtindo o visual. Até porque a volta é sempre mais fácil, já que é descida, mas não perca a hora para não ficar escuro. Vá de tênis, leve água, protetor solar, algum lanche se for demorar lá por cima e no mais é curtir! Na volta, se tiver tempo, pare numa das praias que falamos no início do texto e curta o restinho do tempo que tiver. No caminho tem opções de restaurantes pra todo preço.

Se liga

Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI! Viu como a gente te ajudou a planejar sua viagem? Então chegou a hora de você ajudar a gente também! Faça suas reservas pelo nosso site, acessando os links no Tudo Para Sua Viagem você não paga mais nada por isso e colabora para que a gente receba uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o site com dicas sempre muito sinceras!

 

Compartilhe