Masp: que tal fazer um tour virtual pelo museu mais famoso de São Paulo?

Acompanhando uma tendência mundial de acesso aos seus acervos de forma virtual, principalmente neste período de isolamento social devido ao Coronavírus, o Masp agora faz parte da plataforma Google Arts & Culture, que permite o passeio de internautas por alguns de seus corredores e exposições em realidade virtual. Acompanhe a gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

masp fachada

Foto: Fabiano Antunes / Rota 1976.com

Virtual

Assim como o Masp, outros equipamentos importantes de cultura também liberaram seus acessos virtuais tais como o Museu d’Orsay, de Paris; o British Museum, de Londres; e o Museu Judaico, de Berlim. Um total superior a 1.000 itens do acervo paulistano está disponível, assim como seis mostras. A digitalização e o zoom permitem visualizar nuances normalmente difíceis de perceber.

Foto: Reprodução Internet / Site Masp

On-Lines

Para conhecer esse museu e seu acervo sem sair do sofá, basta entrar no site (clique AQUI) e navegar por onde você tiver interesse. Existem diversas exposições on-lines como por exemplo Arte na Moda (coleção Masp / Rhodia), Arte da Itália (de Rafael a Ticiano), Arte do Brasil até 1900, Arte da França (de Delacroix a Cézanne) e Acervo em Transformação (coleção Masp).

Foto: Reprodução Internet – Site Masp

Acervo

Você pode pesquisar a definição de cada quadro, escultura, etc. O acervo traz uma riqueza enorme de informações e neste período de isolamento social você vai se abastecendo de cultura para (quando possível) conhecer pessoalmente esses equipamentos. Claro que nada se compara ao contato real, mas para este momento esse tour é de fato uma grande oportunidade de conhecimento, entretenimento e lazer para toda a família.

Foto: Internet – Site MASP

Coleções

No site você também tem acesso a diversas coleções como por exemplo Pintura do Realismo, Tecido Têxtil, Vaso, Arte Moderna e Peru. Clicando lá, você observa cada peça por meio de fotos e abaixo sua descrição como tamanho, material, data, etc. Na coleção de vasos, você encontra dezenas de peças super características do Peru, com seus detalhes decorativos, formas, etc.

Foto: Reprodução Internet – Site Masp

Moda

O acervo de vestuário da Rhodia, com roupas criadas a partir da colaboração entre artistas e estilistas na década de 1960, reúne 79 peças, selecionadas por Pietro Maria Bardi (1900-1999), diretor-fundador do museu, e que foi doada em 1972 pela Rhodia. A indústria química francesa promovia seus fios sintéticos no Brasil por meio de desfiles-show, editoriais e coleções de moda, numa estratégia desenvolvida por Lívio Rangan (1933-1984), visionário gerente de publicidade da empresa. Os desfiles-show, realizados entre 1960 e 1970, pareciam mais espetáculos e reuniam profissionais do teatro, da dança, música e das artes visuais.

Foto: Reprodução Internet – Site Masp

O acervo do MASP é o único conjunto remanescente dessa produção e inclui peças de diferentes coleções. As roupas são peças únicas, feitas sob medida e apenas para promoção da marca. A coleção MASP Rhodia é um acervo fundamental para enxergar o potencial criativo da colaboração entre arte, moda, design e indústria, e que permanece único e insuperável no Brasil. Pra quem gosta de Moda, taí um baita programa!

E que tal conhecer também nosso canal no Youtube? Inscreva-se agora, a gente tá sempre postando vídeos com entrevistas bacanas de personalidades falando sobre viagens e também vídeos com dicas de destinos, etc. É só clicar AQUI! E não esquece de ativar o sininho pra receber as novidades!

Compartilhe