Tour Gastrô: listamos cinco restaurantes pra você comer bem!

Sempre que estou por Recife e Olinda, faço diversos tours gastronômicos pra conhecer novos restaurantes e também revisitar os que já conheço pra matar a saudade dos sabores desta terra e também saber as novidades, até porque os cardápios vão se aprimorando e tem sempre algo diferente pra gente sugerir. Neste post vamos falar sobre alguns restaurantes imperdíveis em Recife e Olinda, se liga aí! Acompanhe  gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

Bode do Nô

Espaço amplo, arejado e atendimento rápido fazem parte do “menu” da casa

Esta opção é pra quem curte uma pegada bem regional, principalmente se estiver buscando carne para sua refeição ou petisco. É o famoso restaurante Bode do Nô, que funciona desde 1991. Tem unidade em Boa Viagem, Afogados, Olinda e em breve abre também em João Pessoa.  Visitamos a unidade de Olinda, o ambiente é bastante agradável, espaçoso e arejado. Conta com espaço kids, um salão interno mais reservado e o terraço bem concorrido por causa da vista pro mar.

As opções de entradinhas são muitas, desde ostras gratinadas com blend de queijo, espetinhos de bode, casquinho de caranguejo, e caldinhos de camarão marisco, feijão, peixe, fava ou mocotó, além de pastéis de camarão, charque e requeijão, queijo coalho e, claro, de bode. Como o próprio nome sugere, o bode é quem reina por lá. Tem paletão de bode, chã de bode, picanha de bode, carne de sol de bode, buchada e costela de bode e muito mais. Quem não quiser encarar o bodinho, pode ir nas opções a seguir: baião de dois, maminha, filé à parmegiana, cupim na chapa, etc.

Combinação: linguiça de bode e caipirosca de limão (se beber não dirija)

O menu também reserva espaço para pratos à base de frutos do mar: cioba recheada ao molho de camarão, filé de peixe grelhado com camarões, bacalhau à moda da casa, moqueca de camarão, filé de salmão ao molho de maracujá, etc. E pra quem mais da comida leve: saladas de salmão, filezinho, regional ou caesar. Tem ainda aves: (frango desossado, galeto na manteiga). Tem manu kids com mini filezinho ao queijo, grelhado ou de frango.

A carne de sol de bode completa serve muuuito bem duas pessoas

Serviço:

Av. Min. Marcos Freire, 407, Bairro Novo, Olinda
Informações e reservas: Via Instagram @bodedono e (81) 3429-8813
Funcionamento: domingo à quinta, de 11h à 0h e sextas e sábado das 11h às 01h

Mais informações: Bode do Nô

Arvo

Pela foto já dá pra ver que a comida é pra lá de artesanal né? (Fotos/Divulgação cedida pela casa)

Esta opção é pra quem gosta de uma comida super elaborada e conceitual. E não à toa, conseguem o resultado posto à mesa. A cozinha é comandada pelo chef Pedro Godoy, que tem um currículo e tanto! Graduado em Gastronomia (Senac), já passou por vários restaurantes conhecidos do Recife, entre eles, o Tapa de Cuadril, Thaal Cuisine, Beijupirá, etc. Na Austrália, afinou o contato com a gastronomia e trabalhou em restaurantes premiados como o The Fish House e no Maha. De volta ao Brasil, em 2019, participou do Masterchef Profissional (BAND), assumiu o posto de chef executivo do Wiella Bistrô e hoje tem seu próprio negócio com o sócio, Eduardo Freyre: o Arvo Restaurante.

Com amplo espaço verde, quintal horta e jardins, o restaurante já é um sucesso entre os pernambucanos e os que visitam a cidade. O boca a boca correu rápido e é preciso chegar bem pertinho da hora que abre pra garantir sua mesa, costuma ter fila de espera. É daqueles restaurantes que você observa em cada detalhe como tudo é elaborado com cuidado. Do atendimento, passando pela composição dos pratos e um sabor incrível! Nos finais de semana, devido ao maior público, a casa reforça a quantidade de garçons e o atendimento se mantém bem eficaz.

Diferentemente de uma trajetória tradicional, desviada pela pandemia e pela inquietude, no bom sentido, dos sócios Eduardo Freyre e Pedro Godoy, o Arvo Restaurante está celebrando pouco mais de dois anos, como um marco de conquistas e sucesso.  Inaugurado em novembro de 2019, oferece além de ambiente amplo, descontraído e relaxante, um incrível cardápio, carta de drinks e vinhos, tudo pensado para promover deliciosas experiências para o público. Fui numa sexta-feira, à noite, e tinha até Dj fazendo um som bacana e num volume que não atrapalha a conversa de ninguém. O espaço conta com áreas cobertas que garantem conforto e aconchego aos clientes, mesmo em dias chuvosos. A alquimia nos temperos, sabores e harmonia na apresentação das entradas, pratos principais e sobremesas, é fruto da vasta experiência do Cheff Pedro Godoy.

Destaque para utilização de orgânicos, colhidos na sortida e bem tratada horta, plantada nos jardins do Arvo, e que incluiu hortaliças, ervas e pancs (plantas alimentícias comestíveis não convencionais). E olha que bacana: desde fevereiro de 2021, o Arvo Ateliê realiza diversas oficinas práticas para uma amplo e variado público que deu início ou aprofundou conhecimentos de gastronomia. Além do chef Pedro Godoy, as aulas também foram ministradas por Rivandro França, Claudemir Barros, Gi Nacarato, Helton Silva, sommelier, Dilton Sales,  mixologista da francesa Pernod Ricard, Pedro Stor, Pacha Mama Pães y Café, e Diego Cisneiros, entre outros nomes da cozinha.

O Arvo Ateliê está aberto com cursos de cozinha italiana, mexicana, peixe fresco, comidas de boteco. Aulas degustação, jantar harmonizado, treinamento em atendimento e charcutaria estão na programação. Para inscrições: www.arvoatelie.com Delivery: Com o propósito de entregar uma boa experiência aos seus ‘clientes em casa’, surgiu a ideia da construção de  uma dark kitchen dentro do próprio Arvo – separada da operação do salão, tendo como parceira, a plataforma Rappi.

Charutinhos de atum são novidades da casa…

Das opções de entradinhas, a gente foi na sugestão de quem nos atendeu: charutinhos de atum, são crocantes e recheados com tarta de atum, finalizado com aioli de wasabi e ervilha crocante. Um delícia! Tem ainda canapé de atum, burguinho de carneiro (pernil de carneiro prensado, grelhado e caramelizado no próprio glacê), taco de frango, patacones de camarão (patacones de banana da terra com camarão crocante e chouriço ao romesco agridoce), entre outros. De prato principal: filé curado (ao demi glace, mil folhas de batata com queijo parmesão, cebola confitada e paçoca de carne seca), steak de atum, camarão pappardelle (pappardelle fresco com camarão filé e empanado ao molho w coco e queijo, amêndoas tostadas e leve toque de teryaki), arroz de polvo, peixe ao cury, e por aí vai!

No quesito sobremesa, não deixe de provar a cocada beeva (cocada de forno com doce de leite e sorvete de coco, telha de mel beeva e casca de laranja cristalizada), é surreal de tão gostoso! Tem ainda pavê brownie, bem casado, morango e panacota, etc. Dos drinques, destaque para o negrito do arvo, o batizado de “da lama ao caos”, que faz menção ao saudoso Chico Science, entre outros. Além da farta gastronomia, o empresário Eduardo Freire ressalta o serviço que a casa oferece: “Nos preparamos para oferecer noites bem descontraídas. Temos um lugar ideal para tomar um vinho em casal e ter uma noite romântica ou pra festejar com amigos numa mesa grande”. Para os que preferem ficar em casa, o Arvo tem parceria com a plataforma Rappi, através do delivery almoço e o Noite no Rappi

Serviço:

No bairro do Torreão, Rua Djalma Farias, 170.

Horários de funcionamento:

Almoço: de 11h45 às 16h

Noite/Restobar: Das 19 às 00h

Mais informações: @arvorestaurante

Tio Pepe

Localizado em Setúbal, próximo a grandes hotéis e também à praia de Boa Viagem, o restaurante Tio Pepe é daqueles lugares que quem vai quer voltar, e quem não conhece precisa ir. O ambiente é primeiro item que chama atenção, cheio de elementos criativos, muito verde e objetos que remetem à cultura local. Possui ambiente interno, um salão lateral bem amplo e ainda a área mais externa onde há muita sombra por causa das árvores e guarda-sóis. Não à toa o Tio Pepe já funciona há mais de meio século. Precisamente: 58 anos!

O ambiente cheio de criatividade e bem arejado com muito verde é um atrativo a mais da casa

O menu é bem variado, difícil mesmo saber por onde começar, mas se você for daqueles que adora uma entradinha ou petisco, vá no menu batizado de engana fome, as sugestões vão desde filezinho com fritas, passando por costela de porco, agulha-frita, bolinho de bacalhau (porção com 08), e os três que super indico na sequência: caldinho de camarão, casquinho de caranguejo e pra encerrar essa primeira etapa vá de cachoeira de camarão (36/40), eles são bem graúdos e são muitos, sem pirangagem como a gente chama. Acompanha um pouco de purê na decoração do prato e um molho delicioso do chef.

Esse prato é de comer re-zan-do!

Todo ano o restaurante destaca um ou mais pratos da casa. Este ano, o Prato Comemorativo é o Tio Pepe – O Pescador by Roberto Monteiro. O prato é pintado à mão e lindo pra decorar. É muito mais que um simples recipiente de louça. É uma ótima lembrança gastronômica, e também do destino onde o restaurante está inserido, já que traz na sua pintura elementos da cultura local. E não é qualquer um que participa do Prato da Boa Lembrança não! É preciso ter aprovação pela Associação dos Restaurantes que elege os melhores pratos da região. A partir da receita e sugestões enviadas pelo restaurante ao ateliê, as artes são criadas e enviadas para os chefs para aprovação. Depois disso, os artesãos, previamente treinados para a técnica utilizada, reproduzem os desenhos manualmente nas cerâmicas. Tudo com muita atenção aos mínimos detalhes, afinal, o objetivo é impressionar os colecionadores.

Voltando ao menu da casa, prepare-se pra ir com fome porque a fartura é grande hein! Um prato completo serve bem 3 pessoas de apetite normal; 2 pessoas mais ou menos normais; e 1 pessoa, após 7 dias de spa brabo, assim avisa o cardápio. Desta vez fui de picanha real com Passaporte. Perguntei ao garçom o motivo da nomenclatura e ele explicou que é porque realmente a picanha é argentina. Provei e comprovei: super macia e uma delícia! Acompanha farofa, vinagrete e maionese.

Tem pratos individuais como beef chorizo (02 acompanhamentos), espaguete ao mares (camarão ao molho de tomate), pescada amarela à muro alto (02 acompanhamentos), carne de sol em tiras (02 acompanhamentos, exceto arroz de camarão) e frango empanado (02 acompanhamentos). Você pode pedir também 1/2 prato (picanha, filé, carne de sol). No menu de carnes, picanha, carne de sol na brasa, filé acebolado, moranga do sertão (carne seca), filé a Parmegiana, porca vulcânica (03 acompanhamentos) e muito mais.

Se vai de frutos do mar, escolha o famosíssimo Dona Pepa (filé alto de pescada amarela – foto acima). Uma delícia! Tem ainda camarão na moranga, peixe ao molho de camarão, peixe acebolado, peixe na brasa, peixada pernambucana e por aí vai…No menu de frangos, galeto desossado, frango tradição, frango à passarinho e o frango à Tio Pepe. A casa serve porções extras em muitos itens (salada, molhos, pirão, feijão verde, batata francesa, macaxeira frita, banana à milanesa, farofa de jerimum e muito mais).

No quesito sobremesa, só não ganha peso quem não quer! Entre as opções, petit gateau (chocolate, doce de leite ou ninho), cartola (famosa sobremesa pernambucana que vem banana e queijo assados com açúcar e canela), queijo manteiga com mel de engenho, pudim de leite, doces caseiros (jaca, coco verde, mamão com coco), além de sorvetes e muito mais. O menu de bebidas é uma atração à parte. Entre jarras de sucos, soda italiana de maça verde ou frutas vermelhas, sucos especiais (mix de duas frutas), caipiroscas variadas (morango, abacaxi, seriguela, limão, uva, caju, etc), coquetéis de frutas, licores, conhaques, etc. Só não esqueça: se beber, não dirija!

História: o Restaurante Tio Pepe começou ainda na década de 60, na Avenida Boa Viagem, no Recife, com pratos à base de frutos do mar. Os primeiros clientes se deliciavam com o viveiro de camarões e lagostas vivos, prontos para serem grelhados. Hoje, o restaurante está localizado em Setúbal. Seu principal ajuste de posicionamento foi a inclinação para uma vocação de gastronomia mais regional, nordestina, com um toque contemporâneo, mas a grelha permaneceu como a marca registrada dos nossos melhores pratos. Conhecido por Pepe, veio da Espanha para apostar no Brasil. Aqui se apaixonou por uma pernambucana, casou-se, criou quatro filhos e fundou o Restaurante Tio Pepe, que haveria de se transformar num marco da gastronomia recifense. Está inclusive entre os melhores restaurantes segundo a Revista Veja.

Serviço

Rua Almirante Tamandare n.170, transversal com a Rua São Francisco – Boa Viagem/Setúbal – Recife, PE
Brasil | CEP: 51030-090 – Fone: 55 (81) 3341-7153

Funciona de terça a domingo, sendo de terça a sexta das 11h às 16h e, aos sábados e domingos, das 11h às 17h

Mais informações: @restaurantetiopepe

Spettus Premium Boa Viagem

Foto/Divulgação: reprodução Site da Empresa

Visitamos recentemente o Spettus Premium Boa Viagem, na capital pernambucana e se de fora já impressiona, por dentro mais ainda. A casa é pra lá de chique e o melhor: mesmo sendo tudo de extremo bom gosto, a gente se sente super à vontade, afinal ele está localizado num ambiente próximo à praia e a vibe é “sentir-se bem”. É muito visitado tanto por quem mora na cidade mas também por turistas que visitam Recife a passeio ou a negócios. Tem menu super variado e um rodízio daqueles impecáveis.

Foto/Divulgação: cedida pelo Marketing da empresa

A casa está localizada na Avenida Domingos Ferreira, uma das principais do bairro de Boa Viagem. Tem manobrista mas também é possível achar vagas na rua bem próximo à entrada do Spettus. Das boas vindas ao até logo, o atendimento é de primeira. Garçons atenciosos e ágeis, cheios de simpatia e que fazem de tudo pra deixar o cliente satisfeito.

O menu é muito vasto, você pode pedir a la carte ou participar do rodízio, o que recomendo. O buffet inclui risotos, saladas, sushis e uma infinidade de itens. Detalhe: vai tudo à mesa, você nem precisa se levantar pra fazer o prato. As entradinhas são deliciosas com mini empanada argentina, carpaccio, pastel de cupim e muito mais. O couvert degustação conta com mix como ceviche, pastas, lombo fatiado, croquetone etc.

Foto: @rota1976

As guarnições frias são servidas com salada do chef, salada coleslaw com maçã verde e nozes, salada summer (folhas, gomos de laranja, amêndoas, prima donna e molho de castanhas), além da maioneses de batata com bacon. Nas clássicas, arroz maluco, farofa de ovos, arroz de queijo coalho, arroz colonial, batata frita ou milanesa, cebola crocante, vinagrete e farofa três texturas. Difícil é escolher os acompanhamentos viu! E pra finalizar, as guarnições gourmet: couve flor com creme de espinafre gratinado, purê de batata doce com castanhas, penne a boiscaiola (base de creme de leite e cogumelos), risoto de limão siciliano, risoto fungui e linguine com molho de queijo trufado.

As opções de carne são muitas e olha: tudo de primeira! Não deixe de degustar picanha, maminha, filet mignon e fraldinha, esta última vem tão macia que desmancha na boca. Não é exagero hein, pode ir lá e comprovar. Vamos conhecer um pouco da história do Spettus? O gaúcho Julião Konrad conheceu Recife nos anos 70, quando era caminhoneiro. Mudou de vez para a cidade na década seguinte, quando resolveu abrir uma churrascaria.

Foto/Divulgação: cedida pelo Marketing da empresa

Graças à expertise adquirida ao longo dos anos, hoje comanda uma rede de restaurantes com filiais em Fortaleza e Buenos Aires. Entre eles, o Spettus Premium, restaurante renomado entre os pernambucanos que possui uma proposta diferenciada das demais Steakhouses da cidade.O sucesso da casa se deve à qualidade dos cortes premium disponíveis em seu frigorífico. Entre eles estão o Tomahawk JK, o suculento e marmorizado corte premium com osso, servido em uma estrutura exclusiva e flambado na mesa, para garantir a temperatura e qualidade, o T-Bone Butter Herbs, corte alto e com osso, em uma preparação de manteiga de ervas, adicionando mais identidade, sabor e suculência e este famoso corte americano. Além das carnes nobres, o restaurante oferece pratos requintados que são uma verdadeira obra de arte. Cada momento dentro do Spettus Premium se torna inesquecível e cada prato traz uma experiência de sabores e sensações surpreendentes.

E as sobremesas? São muitas as opções mas não deixe de provar o pout pourri de coco, claro que se gostar de coco, até porque é uma mistura deliciosa dele com ele mesmo. Vem a cocada do chef Adbo Vila Nova em quatro texturas de coco, servida no coco verde, cocada mole, sorvete de coco e coco queimado. Tem ainda o clássico petit gateau (massa da casa, servida com sorvete de creme e calda de chocolate) e a tradicional cartola, que é a cara do pernambucano. Eles fizeram uma releitura da clássica cartola com pudim de queijo de manteiga, coberto banana grelhada, crumble de canela, calda de nego bom.

Foto: @rota1976

A infraestrutura do restaurante é ótima, com diversos espaços, inclusive playground climatizado para a criançada, além de espaço para eventos, salão principal e bar. No Seu Bar, EU BAR, prove os coquetéis artesanais, cerveja ou vinho e experimente petiscos saborosos e compartilháveis. O espaço de eventos comporta grandes festas como casamentos, aniversários, formaturas, batizados e confraternizações. E existem opções especiais e diferenciadas de buffet para esses eventos. A casa conta ainda com adega de vinhos e ponto de venda de produtos de primeira linha (congelados) pra o cliente levar o que quiser pra casa. Para mais informações e reservas, é só clicar AQUI!

Serviço:

End.: Av. Domingos Ferreira, 1500, Boa Viagem, Recife-PE

Funciona de segunda à sábado, das 11h30 às 23h e aos domingos das 11h30 às 22h

Mais informações: @spettusboaviagemoficial

Caneca Fina

Recife e caranguejo são duas palavras que se entrelaçam, então esta opção não podia ficar de fora né? E pra quem quer provar essa iguaria ou ama caranguejo vale e muito ir ao Caneca Fina, no bairro da Madalena.  Para começar a brincadeira, vamos de caldinho de camarão e casquinho de caranguejo. São entradinhas campeãs da cozinha.

Os caranguejos são servidos em mais de um tamanho e tempero. Podem sair na água e sal ou ao côco e no tamanho padrão ou especial, além da opção de caranguejada. Ou seja, é pra agradar todo mundo. Sempre vou no de côco porque acho o mais saboroso e lá o bichinho é super bem temperado, cozido no ponto certo e quando você vai tirando as patas a carne já fica soltinha, soltinha.

A casa tem cardápio enorme de petiscos. Vai desde arrumadinho com charque desfiada, passando por linguiça matuta, sarapatel, queijo coalho assado, torresmo e tripinha, e muito mais. Esses são os petiscos regionais, ou seja, quem vai visitar o Recife já conhece um pouco de tudo da gastronomia local. E dos petiscos clássicos, bolinho de bacalhau, queijo ou charque, pastéis de camarão e espetinhos variados como o de carne com bacon, frango, além da picanha ou maminha.

Os petiscos do mar também têm espaço no variado cardápio: arrumadinho de bacalhau, filé de agulha, camarão na cerveja, além dos ensopados de aratu, sururu e o excelente casquinho de caranguejo (adianto que é grande a unidade). Para refeições, pratos como moqueca de peixe, camarão, peixada, carne de sol, chambaril, feijoada, dobradinha e rabada. Já viu que é pra ir com fome né? Das carnes, servem entre várias opções a picanha argentina. Detalhe: o garçom vai à mesa com as partes da carne disponíveis para o cliente escolher a de seu gosto. A casa também serve almoço executivo, de segunda à sexta (11h30 às 14h30), exceto feriados.

No cardápio de bebidas, cervejas, destilados, whisky, aguardentes e cachaças, além de bebidas sem álcool. Aviso: a caipirosca de frutas vem num baita pote (quase uma jarra), então vá de leve porque tudo lá é bem servido. E lembre-se que “se beber, não dirija”. Para sobremesa, que tal cartola? É tradicional por lá: banana e queijo assados com açúcar e canela, ela serve bem duas pessoas. Tem ainda queijo coalho ou manteiga com mel. Não deixe de provar os sabores que são a cara de Pernambuco! Copa do Mundo chegando, se quer agito e comida boa vai por lá. O espaço conta com Tv´s para exibição de jogos de futebol.

Serviço

Av. Visc. de Albuquerque, 807 – Madalena, Recife – PE

Contatos: 81 3877-9001 / 81 99263-4505

Mais informações: Caneca Fina 

Compartilhe