Listamos 3 Chapadas incríveis do Brasil!

A primeira Chapada que conheci foi a Diamantina, na Bahia, umas duas décadas atrás. Amor à primeira vista. Desde então, já voltei pelo menos umas cinco vezes e em cada uma delas conheci algo diferente. Neste post vou falar sobre as mais incríveis Chapadas do Brasil, vamos lá?

Chapada Diamantina (BA)

Não dá pra conhecer tudo que tem de lindo por lá de uma tacada só, a não ser que você tenha tempo e grana pra passar pelo menos um mês. E não é exagero hein! Vamos aos pontos então imperdíveis para a primeira ida à Chapada Diamantina (BA). Poço do Diabo: uma cachoeira super relaxante para banho e com visual lindo. Para chegar até lá são 30 minutos de carro e mais 20 de caminhada. Nada muito pesado, dá pra todo mundo fazer. Antes de chegar na cachoeira, passamos por um mirante para fazer fotos.

Gruta da Lapa Doce

Devidamente equipados com capacete e lanterna, caminhamos por dentro dela cerca de 850 metros. Por ano, mais de 25 mil pessoas visitam o local. Dentro da gruta, ela possui 40 metros de altura. Lá, podemos observar os estalagmites (se formam do chão em direção ao teto) e os estalaguitites (as que vão do teto ao chão).

Gruta da Pratinha

É outro ponto lindo de lá! O local já é mais explorado comercialmente e oferece alguns atrativos pagos à parte, como por exemplo flutuação na gruta por cerca de 30 minutos e tirolesa, com salto que termina na Lagoa da Pratinha.  Anota aí: Morro do Pai Inácio, local símbolo da Chapada Diamantina. Sem dúvida o visual mais belo e disputado da região. É lá o pôr do sol mais famoso da região.

Cachoeira da Fumaça

Você tem a opção de fazê-la por cima ou por baixo. Os que querem fazer menos esforço e ter uma vista não menos incrível vão por cima e basta uma trilha – escalada por cerca de 2h30 a 3h subindo, subindo até você ter a visão de cima da cachoeira. Tem esse nome porque é tão alta que a água vai sumindo antes mesmo de tocar o solo. São 380 metros de queda, sendo a maior do Brasil. A outra opção é fazê-la por baixo, mas para isso tem que ter espírito pra lá de aventureiro: são 3 dias de caminhada (ida e volta), mas um passeio cheio de incríveis paisagens e super recomendo aos mais “fortes”. E tem muito mais viu! Clique AQUI para uma reportagem mais detalhada sobre esse destino; e AQUI para nosso post sobre os famosos Poços da região.

Chapada das Mesas (TO)

Confesso que não tinha sequer ouvido falar na Chapada das Mesas, no Sul do Maranhão, até poucos meses antes de conhecê-la. E depois que conheci pensei: “como nunca tinha ouvido falar desse destino, e como o Brasil desconhece a si próprio”.

O ponto de partida para chegar à Chapada das Mesas, no Sul do Maranhão, é Palmas, capital do Tocantins. Você pode até estranhar por que razão ir pra lá se o parque natural fica em outro estado. Até existe aeroporto mais próximo, que seria o de Imperatriz, só que as passagens para lá são absurdamente mais caras.

Poço Encanto Azul

Um dos lugares mais lindos e incríveis para tomar banho. Este paraíso fica a 138 km de Carolina. Desses, 15 km são em estrada de terra. O Poço Encanto Azul foi descoberto tem pouco mais de dez anos, mas só está com maior controle de visitantes há um ano e meio quando passou a ter acompanhamento de guia e manutenção da área. Por isso, passou a ser cobrada entrada de R$ 20,00 por pessoa e você pode ficar lá o tempo que quiser. Ele tem cinco metros de profundidade. A água na verdade é mais esverdeada que azulada.

As cachoeiras Santa Paula e Santa Bárbara são outros pontos imperdíveis. A Santa Bárbara tem queda bem maior. São 76 metros de queda. Eventualmente se faz rapel por lá. Então os interessados ao fechar um pacote com agência já deve informar seu interesse para que já deixe tudo agendado.

Cachoeira de São Romão

Fica a 80 Km da cidade de Carolina, sendo 30 km em asfalto e outros longos 50 km em estrada de terra. E é muita “chacoalhada”, vale a pena tomar um remedinho para enjoo por precaução. Esta cachoeira tem 40 metros de largura e 22 metros de queda. Como o volume de água estava muito grande pegamos um kayak para chegar à parte central da corredeira (que é bem leve) para fazer fotos vendo a cachoeira de frente. Já a cachoeira da Prata, tida como as cataratas da Chapada das Mesas devido à seu grande volume de água. E é muita água mesmo!

Portal da Chapada

Possui uma fenda no seu paredão de pedra possibilitando um visual surreal! São cerca de 100 metros de altura. O acesso é fácil, só precisa ter um pouco de disposição para caminhar. O percurso é feito por uma trilha de areia e mais acima os visitantes vão pisando em pedras. Algo em torno de 20 minutos de caminhada.

Complexo da Pedra Caída

É um santuário ecológico de propriedade privada com diversas atrações, como tirolesa, teleférico para subir ao morro onde há uma pirâmide de vidro para meditação (mas o equipamento só funciona com mínimo de dez pessoas). E lá está o lugar mais lindo e encantador! Cachoeira do Santuário, que recebeu este nome por ser lugar onde os índios faziam seus rituais, crenças e batizados. O lugar é mesmo sagrado, só pode ser!

O acesso começa pelo acesso que é por meio de um canyon lindo, que mais parece cenário de filme. Mais próximo da cachoeira, você vai caminhando por dentro de uma corredeira calminha com água pouco acima do joelho. E logo se depara com um lago de onde cai a água deste santuário. São 46 metros de queda e um visual de tirar o fôlego. Olhar aquele mundo de água caindo pela fenda lá em cima, ainda com a moldura de algumas árvores é impressionante. Por mais que eu tente descrever, este lugar em especial é indescritível!

Gostou? Tempos uma reportagem super completa sobre esta Chapada e entrando em contato com a agência que indicamos você ainda ganha preço diferenciado. Confere AQUI!

Chapada dos Veadeiros (GO)

Quem visita a Chapada dos Veadeiros normalmente busca hospedagem em Alto Paraíso, que de fato é onde tem uma infra-estrutura maior com agência bancária, farmácias, supermercados, etc. Alto Paraíso fica a 400 Km de Goiânia e 230 Km de Brasília. Nesta trip, fiquei hospedado no distrito de São Jorge, que é ainda menor e mais rústico, com ruas de terra (numa vibe parecida com Jeri/CE). E sendo bem sincero achei melhor ficar por lá. O astral é massa! E o local também dispõe de boas opções, basta garimpar!

Entre os pontos que indicamos pra visitação na região estão: cachoeiras Almécegas I e II e ainda a São Bento e a Loquinhas, que é um complexo de cachoeiras. Uma das mais famosas na Chapada dos Veadeiros é a Santa Bárbara. Esta é tão disputada que pra conseguir visitá-la é preciso literalmente “madrugar” na fila que nem em hospital público. São distribuídas 300 fichas por dia (limite de visitação) e acreditem: às 6h da manhã já não havia mais ficha. Muita gente chega à comunidade Kalunga (quilombola) onde está o centro administrativo para garantir sua ficha às 2h da madrugada. Para dormir lá, existem algumas opções de hostel, camping ou alugar quarto pela comunidade. De Alto Paraíso até lá são 80 Km.

Este é daqueles lugares icônicos que basta olhar uma foto e você já sabe que se trata da Chapada dos Veadeiros. Isso porque a paisagem é única! Fica nas proximidades de São Jorge e para chegar ao local é preciso encarar 4 km em estrada de terra. Um dos melhores locais pra se banhar mas também está entre os mais pe-ri-go-sos! Todo cuidado é pouco por lá!

Poço Encantado

Tem ainda o Poço Encantado, que é uma espécie de prainha, com faixa de areia, também muito bom pra banho. Você consegue nadar até a queda da cachoeira mas passa por uma parte bem funda. Anote também as cachoeiras Candaru e Capivara, além do famoso Jardim Maitreya, que também é cartão postal da Chapada. De la´, é possível ver a fileira de buritis, árvore típica da região, cercada de morros e um céu bem azul. Para acessar reportagem completa sobre este destino clique AQUI!

Se Liga

Quando todo esse momento difícil causado pelo surto do Coronavírus passar e a gente puder voltar com segurança às nossas viagens, lembre-se de fazer suas reservas pelo nosso site, acessando os links no Tudo Para Sua Viagem. Você não paga mais nada por isso e assim nos ajuda a manter o site com dicas sempre muito sinceras!

Compartilhe