Fernando de Noronha entrega ecoposto público para recarga de carros elétricos

A Administração de Fernando de Noronha (PE) colocou em funcionamento um ecoposto público para o carregamento de carros elétricos, em parceria com a Renault do Brasil, a WEG e a Polo. A unidade, localizada no bairro da Floresta Nova, pode atender até seis carros ao mesmo tempo. A recarga dos automóveis é feita à base de energia solar, através das placas fotovoltaicas instaladas em sua cobertura.  A inauguração do ecoposto é mais uma etapa do programa Noronha Carbono Zero que, entre outras ações, proíbe a entrada de veículos movidos a combustão no arquipélago a partir de 2022, visando reduzir as emissões de gás carbonico (CO2). Acompanhe  gente também no Instagram, onde você pode receber várias dicas de viagem e conhecer paisagens incríveis! É só clicar AQUI!

Fotos Divulgação cedidas pela Assessoria de Imprensa da Adm de Fernando de Noronha

Ecoposto

“Com a entrega do ecoposto à população, damos continuidade ao projeto do Governo o Estado de reduzir a poluição atmosférica em Noronha, utilizando formas ambientalmente corretas de abastecimento, com energia renovável e automóveis que não agridam o meio ambiente. Estamos olhando para o futuro, para as próximas gerações, e fazendo da ilha um exemplo a ser seguido”, explica Guilherme Rocha, administrador de Fernando de Noronha. Além do Ecoposto, Noronha tem outros cinco pontos para carregamento de carros elétricos: no Sueste, no Conselho Distrital, na Celpe e no Palácio de São Miguel, sede da Administração.

Frota

Fernando de Noronha tem hoje 30 carros elétricos em circulação. Os primeiros chegaram em 2019, durante o lançamento do programa Noronha Carbono Zero. Na ocasião, a  Renault Brasil concedeu em regime de comodato seis automóveis, de três modelos, para uso oficial da Administração Distrital.  Desde então, a gestão da ilha tem feito ações para mudar a frota veicular gradativamente, como as autorizações ecológicas aos classificados que se inscreveram para obter a “Declaração para Aquisição de Veículo Elétrico”. A declaração dá direito ao frete social (gratuito) do automóvel, do continente até a ilha, em embarcação, na compra do primeiro veículo elétrico.

Carbono

NORONHA CARBONO ZERO – Em janeiro do ano passado, o governador Paulo Câmara sancionou o Decreto-Lei nº 16.810/20, que regulamenta a entrada e circulação de carros a combustão na ilha. Com a medida, nenhum carro movido a gasolina, álcool e óleo diesel entrará na ilha a partir de 2022. Os veículos que estão em Noronha poderão continuar transitando até 2030, quando o trânsito será definitivamente restrito apenas aos transportes elétricos. Alguns passeios pelo Nordeste já foram retomados e temos uma reportagem sobre isso, é só clicar AQUI! Ah, colocando nome do nosso site (ROTA1976) no código promocional você ganha 10% de desconto em qualquer um deles! Acessa no link acima!

Programa

O programa Noronha Carbono Zero contempla ainda outras ações de sustentabilidade e redução de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), substâncias que causam o aquecimento global, fazendo da ilha um território neutro na emissão de GEE. Também dentro do programa, foi firmado em 2020 um Termo de Cooperação Técnica entre o governo e a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), para o acionamento de dois novos módulos de baterias solares fotovoltaicas, reforçando o sistema de armazenamento na ilha e dobrando a utilização de energia limpa em horários de pico. Para conhecer a Praia do Sancho, um dos pontos imperdíveis de Noronha, clique AQUI!

 

 

 

 

 

Compartilhe